7 de setembro de 2011

Habilidades do aluno Autista


O desafio maior não incluir e sim é quando o professor não se permite observar as habilidades de cada aluno. Apesar de todas as limitações que o nosso aluno Autista tem para aprender, nós professoras Marisete e Silvana tentamos o máximo trabalhar com os demais alunos coletivamente incluindo o aluno Willian em nossas atividades educativas.
Em umas das nossas aulas que trabalhamos o folclore, decidimos realizar uma atividade na qual objetivo foi salientar algo que o aluno autista faz com muito prazer... Por saber que aprecia rasgar papel tanto pelo som que faz e também quando rasga o papel a quantidade de volume se multiplica no final e também pelo fato de jogar alguns objetos ao longe e pelo perigo de usar tesoura com este aluno que optamos em fazer algo igual ao Willian, ou seja, nesta atividade não adaptamos o Willian aos demais alunos e sim os demais colegas se adaptaram para realizar esta atividade conforme as habilidades do Willian.
Propomos aos alunos a lenda do Saci Pererê, pois a mesma  permite explorar as características do personagem como o "preconceito racial", a inclusão das pessoas com deficiência "diferença física" questão da semelhança física com alguns alunos da sala e a questão das artimanhas que o Saci fazia segunda a lenda "artes e bagunças" e por fim o cachimbo destaca a questão do "tabagismo"...
Apresentamos a lenda narrada pela professora Marisete, sob a orientação da professora Silvana cantamos e dançamos a música samba de roda "Samba de uma perna só" de Aguinaldo Pereira.
Em um segundo momento a professora de atividades complementares Ericleia desenhou um Saci semelhante ao tamanho de um aluno de 11 anos no papel Kraft, para os alunos colarem os papeis rasgados que os mesmos rasgaram em grupos, destacamos neste momento uma das habilidades do aluno Willian, reunimos os alunos em equipes por cores para rasgarem.
O papel de cor verde: representa a grama ou o chão,
O papel de cor vermelho: representa o gorro do saci e short,
O papel de cor marron: representa a pele do saci,
O papel de cor branco: os olhos,
O papel de cor preto: representa o cachimbo do Saci.
Após rasgados os papeis cada equipe era convidada para colarem os papeis sobre o Kraft onde foi desenhado o Saci, aos poucos os alunos foram dando lhe cores e vida ao desenho. Assim todos colaram seus papeis inclusive o aluno Willian que além de colar os papeis gostou muito de jogar para o alto os papeis rasgados, por alguns momentos até as professoras participaram desta brincadeira. Deixamos secar e expomos o cartaz na nossa sala de aula.
As demais crianças da sala apreciaram muito esta atividade coletiva, os alunos Gabriel e Eduardo em determinado momento ressaltaram que nunca imaginavam que um dia eles iam fazer uma atividade igual ao Willian e que gostaram muito de não precisar usar tanto material para fazer este Saci.
A satisfação era contagiante  de todos os alunos e principalmente das professoras que em uma simples atividade educativa proporcionaram um momento de inclusão educacional.
Acreditamos que todo o ser humano tem condição de aprender algo e também de ensinar algo para quem quer que seja. Neste caso o nosso aluno autista, nos ensinou que podemos fazer um lindo cartaz sem usar muitas ferramentas escolares como tesoura, a régua etc...  Em conformidade com a autora Cora Coralina "Feliz aquele que transfere o que sabe e aprende o que ensina."
Parabéns aos alunos do 2º ano 1 e principalmente ao aluno Willian que ensinou a usarmos e valorizarmos as ferramentas que Deus nos presenteou como dom da vida. São alguns simples momentos da inclusão de pessoas com deficiência de uma escola do ensino regular.
    
 

O que você acha da inclusão de pessoas com deficiência na educação?

Loading...