11 de março de 2011

Refletindo...

A Educação Inclusiva e a escola de qualidade para todos são desejos da população e dos profissionais da educação, mas as formas de atingir estes ideais ainda não são claras em nossa sociedade. Conhecer os direitos, as formas de reivindicá-los, as alternativas pedagógicas, os recursos de adaptação, o lugar da informática na educação são fundamentais para democratização do saber, respondendo de forma mais assertiva aos problemas da educação brasileira.
Através da Educação articulada a outros setores sociais pode-se iniciar um processo de transformação e inclusão social, pois na dimensão escolar encontra-se um espaço privilegiado para a construção dessa cultura. A Educação Inclusiva tem fortes relevâncias e desafios, porém os rompimentos dessas questões só vão ocorrer quando todas as pessoas estiverem interessadas em refletir sobre a inclusão como um processo de transformação da sociedade.
Nós em quanto professores devemos promover e fomentar as discussões relativas à Educação, na perspectiva da transformação social e da inclusão, seus desafios e suas reais possibilidades, ressaltando que atender a estes princípios tornou-se uma questão de ética na sociedade brasileira.
Algumas ações nascem das intenções e discusões específicas da temática como:
• Analisar as interfaces entre a educação, os direitos e os processos de cidadania.
• Estender a visão sobre o panorama das políticas públicas inclusivas e suas relações com o conjunto das leis que as determinam.
Dimensionar o papel do professor como agente de transformação na sociedade e de inclusão na escola.
• Refletir sobre as bases que norteiam o planejamento pedagógico que valoriza a sensibilidade, o diálogo e a construção do pensamento.
• Estudar aspectos da avaliação, envolvendo os diversos setores sociais na discussão dos encaminhamentos previstos na Resolução/CNE. 02/01.
• Ampliar a visão sobre a valorização das potencialidades das pessoas (alunos) com deficiência.
• Compreender as relações entre as tendências de gestão escolar e suas conseqüências para a inclusão e a transformação social.

O primeiro passo para a transformação é refletirmos sobre a inclusão educacional.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O que você acha da inclusão de pessoas com deficiência na educação?

Loading...